Síndrome do Pânico: a origem do nome do transtorno. - Estela Psicóloga

Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva (USP-HU)

Especialista em Terapia de Casal e Família (Teoria Junguiana)

Especialista em Teoria Junguiana (Instituto Sedes Sapientiae - SP

Mestre Pela PUC-SP

Especialista em Constelações Familiares e Soluções Sistemicas (Instituto KOZINER - SP)
Psico. Estela - Psicóloga Clínica - Mestre/PUC-SP
Ir para o conteúdo

Síndrome do Pânico: a origem do nome do transtorno.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Pânico: conhecendo a origem da palavra através do Mito de Pã.
Imagem de Pã
A origem da palavra pânico é mitológica. Pânico significa o medo que vem de Pã, deus da mitologia grega. Ele é descrito como uma figura monstruosa e assustadora, representada por uma mistura de bode com homem. O deus Pã era tão feio que ao nascer, sua própria mãe correu assustada. Sua origem de nascimento é tão incerta quanto o nosso conhecimento da verdadeira causa do pânico. Por ser um deus primitivo, alguns mitólogos o descrevem como sendo da primeira geração divina (Urano e Géia). Enquanto outros como proveniente da segunda geração (Crono e Réia). Mas, a maioria o coloca como descendente da terceira geração: Zeus e Hibris ou Zeus e Calisto.

Porém, é mais provável que seu pai tenha sido Hermes (o mensageiro dos deuses). Não se sabe se sua mãe teria sido Driope, Onus, Penélope ou Almatéia (a cabra). Pela aparência física do deus Pã, é bem provável que sua mãe tenha sido esta última.

Pã é um Deus que representa a divindade pastoral grega. Vivia confinado nas montanhas da Arcádia, uma das regiões mais primitivas da Grécia. Ele se divertia aparecendo subitamente na presença de pessoas que passavam por essa região. Causava-lhes reação de medo intenso e de pânico. Os atenienses ergueram um santuário ao deus Pã, perto da praça pública (ágora). Algumas pessoas tinham medo (phobos) de frequentar o lugar; daí a origem do termo agorafobia, para designar o medo de lugares públicos. A agorafobia é uma das mais frequentes complicações e limitações que o pânico impõe ao indivíduo.

Pã era personificação da vida nas cavernas, nas montanhas e nos pastos. Ao interpretarmos os conhecimentos atuais à luz da mitologia, diremos que Pã está ligado a fobia de lugares fechados (cavernas), altos (montanhas) e abertos (pastos).

Em sua obra, Plutarco, conta que ao longo das ilhas do mar Egeu, nos tempos do imperador Tibério, a tripulação de um navio ouviu uma estranha voz que gritou por três vezes: “O grande Pã morreu”. Em seguida, ouviam - se lamentos e gemidos. Nesse exato momento, o cristianismo nascia na Judéia.



Marque uma consulta, terei o maior prazer em ouví-lo (a) e esclarecer as dúvidas pertinentes ao seu processo de cura terapeutica.

Você pode achar interessante outras informações sobre:

MSc. Estela Noronha
Psicóloga Clínica
CRP: 06/52562-9
Rua Frei Caneca, 1047 - Cj. 618 - Consolação - CEP: 01307-909 - Fone: 0xx 11 997151956- A 30 metros da Av. Paulista! Estacionamento Fácil.
Realização: Market-Ing / Real Marketing Serviço & Comércio
Realização: Market-Ing / Real Marketing Serviço & Comércio
Realização: Market-Ing / Real Marketing, Serviço & Comércio
Voltar para o conteúdo